17 de abril de 2007

Troca de Família


Eu já fui muitíssimo viciada em televisão.
Passava as tardes inteiras vendo, comia correndo para não perder nada, ia dormir altas horas da madrugada, acompanhando diariamente tudo o que eu gostava de assistir.
E claro, na manhã seguinte eu só dormia, não fazia nada, imprestável!
Mas aprendi muito com tudo isso, com certeza.
Aprendi que tem muita vida lá fora e ver televisão, só quando não tem nada mais interessante para fazer!
Ou...quando tem algo que você realmente goste e queira ver, não pelo vício.

Eu, atualmente, assisto pouquíssimo, mas assisto o que gosto.
Na onda dos reality shows, já que o BBB acabou, estou viciada no Troca de Família, da Record.
Passa todo domingo, as 12:30hs.
E nesse horário ninguém pode abrir a boca, ninguém pode me pedir nada, porque eu fico grudada na tv.
Eu sou amante das pessoas, pois acho que o ser humano é tão maravilhoso e tão estúpido ao mesmo tempo.
Nós podemos ser pessoas lindas, pessoas feias, pessoa boas ou más, enfim, todos temos a possibilidade de ser e fazer o que quisermos.
E por isso eu curto muito analisar todo mundo, ver o que as pessoas são capazes de fazer, dependendo da situação a que são expostas.
Os reality me dão uma oportunidade a mais de ver e tentar entender e aprender o ser humano.
Nesse em especial, é gostoso ver como maridos valorizam mais suas esposas depois de uma semana longe delas e ainda de ter que conviver com uma outra mulher nessa mesma semana, uma mulher que ele não conhece, não foi escolhida por ele.
Interessante também ver como as mulheres mudam tanto seu comportamento em virtude do marido e quando vão para outra casa, com outra família, se soltam, são elas mesmas, e chegam à conclusão de que abriram mão de muitas coisas depois que se casaram.
Gosto de ver como as pessoas criam seus filhos, como cada casa tem seu sistema e como cada panela tem a sua tampa de verdade.
Todos voltam dessa experiência transformados, querendo melhorar e isso é muito positivo.
A emoção toma conta de mim e dos participantes.
Acho legal ver o mais escroque dos maridos chorando de saudade da mulher amada.
Sabe aquele negócio que diz que em todo mal, sempre há um pouco de bem e vice-versa?
Interessante...

Bom, o programa está sendo reprisado, eu acho que já vi todos, mas continuarei vendo e chorando tudo de novo.
O resumo das histórias você pode ler em www.rederecord.com.br/programas/trocadefamilia/episodios.asp?c=1
Muito legal!
Leia, assista e se emocione também.
Vai ser difícil você ficar indiferente às situações abordadas pelo programa.
Até mais!

3 comentários:

João Pedro disse...

ooowwww

Acho que te amo!
^^

Bjo Di!
;**

Miguel Andrade disse...

Idem idem em respeito á TV e a este programa. Também gosto. Samantha! Como vc escreve legal! 0_o

astyle_mazinha disse...

Oi linda...to aki viu!!
É hj...saudades já!!
Vou ligar pra Tha pra vcs escutarem um poukinho!!
Bjos